São Benedito


Matriz da Paróquia São Benedito

Data da Criação: 29 de September de 1971
Telefone: (13)3231-7849
Fax:
Endereco: Av. Afonso Pena, 350.
Bairro: Macuco
Cidade: Santos
CEP: 11020-000

Clero:
Diácono Anderson Ribeiro da Silva
Padre Francisco José Greco

Horário de Missa:
- SEGUNDA, QUARTA, QUINTA E SEXTA às 19hs
SÁBADO às 19h
1º SÁBADO DO MÊS às 16h Missa dos Especiais
DOMINGO às  8h, 10h e às 19h

 Horário de Funcionamento da Secretaria:
- de SEGUNDA a SEXTA das 7h às 19h
SÁBADO das 8h às 11h e das 15h às 18h

E-MAIL: paroquiasaobenedito.santos@gmail.com

HISTÓRICO
“Dentro em breve, para alegria não só dos católicos, em geral, mas particularmente dos Irmãos da Irmandade de São Benedito, em número superior a mil, e dos que se interessam pelo progresso da cidade, surgirá, como indicam as estruturas em posição vertical, no progressivo bairro do Macuco, a nova e imponente igreja, templo próprio, moradia perene da veneranda imagem, que há séculos tem a especial veneração de milhares de devotos.
Os vagos documentos existentes fazem crer possuir a Irmandade de São Benedito, mais de três séculos de profícuo labor e prol da doutrina católica.
Com referência ao local e data de fundação, nada consta como documentário. Entretanto, atas de 1820, indicam que a Irmandade, funcionava, há longos anos, na Igreja Matriz (Nossa senhora do Rosário), que, naquela época, se situava à praça da república em frente ao edifício da Alfândega.
Já nesse tempo, constam das atas o projeto de “construção da igreja própria”.
Com a demolição da Igreja Matriz, a Irmandade passou suas atividades para o Convento de Santo Antonio do Valongo, onde funcionou por muitos anos.
Em 1930, estando a então Igreja de Santa Cruz, totalmente abandonada e em ruínas, pleiteou e obteve, a Mesa Administrativa, a concessão para localizar-se naquele local.
Após as reformas necessárias, foi a imagem do glorioso São Benedito, em meio de grandes festejos, transportada do Valongo para a rua Senador Feijó, em 30 de dezembro daquele ano.
Motivos diversos, entretanto, impunham a edificação da igreja própria, para que o padroeiro de tantos fiéis tivesse o seu altar permanente.
Assim, na antiga igreja de Santa Cruz, permaneceu a imagem, à veneração dos fiéis, pelo espaço de vinte e oito anos.
No dia 20 de abril de 1958, com a presença de milhares de fiéis e devotos, foi realizada por D. Idílio José Soares, Bispo Diocesano, a bênção da novel morada de São Benedito, tendo nessa ocasião, S. Excia. cedendo a insistentes pedidos de todos os presentes, celebrado a primeira missa na nova igreja.
Na noite de vinte e quatro de abril, seguida de imensa multidão, iluminada em todo o trajeto, pelos poderosos faróis do Exército. Seguiu a secular imagem, para o seu templo próprio e definitivo.”

(Artigo extraído de um antigo jornal sem datação)

No dia 29 de setembro de 1971 por decreto do sr. Bispo Diocesano, D. David Picão, em face as necessidades espirituais e pastorais da região, a igreja de São Benedito foi criada Paróquia e nomeado o seu primeiro pároco o Pe. José Barrio Abadia, sendo a data de instalação a 5 de março de 1972.

CRONOLOGIA

1958 – Monsenhor Primo Vieira – Capelão
1962 – Monsenhor José Geraldo Caiuby Crescente – Capelão
1963 – Monsenhor Manoel Pestana – Capelão
1964 – Padre Wilson Santos – Capelão
1972 – José Barrio Abadia – 1º Pároco
1975 – Monsenhor Ary Ferreira de Aguiar – 2º Pároco
1985 – Padre Caetano Rizzi – 3º Pároco
1986 – Cônego Paulo Hornneaux de Moura – 4º Pároco
1990 – Monsenhor Nelson de Paula – 5º Pároco
1993 – Monsenhor Ary Ferreira de Aguiar – 6º Pároco
1997 – Monsenhor Joaquim Clementino Leite – 7º Pároco
2013 – Padre Francisco José Greco – 8º Pároco



Capelas