Agentes discutem projetos para o Apostolado do Mar

07_20151029_2223
A Missão Stella Maris-Santos realizou no dia 29 de outubro, em Santos, o Primeiro Seminário Diocesano sobre o Apostolado do Mar. O objetivo foi o de conhecer um pouco mais a realidade dos marítimos e suas famílias, pescadores, e trabalhadores associados ao “mundo do mar”, tendo em vista a realidade do Porto de Santos, maior porto da América Latina, para onde afluem centenas de trabalhadores de todos os cantos do Brasil (quer seja por terra via caminhoneiros e ferroviários) quer por mar (via navios de mercadorias ou de cruzeiros).
O Seminário contou com a presença de representantes de Agências Marítimas, Codesp, Sindicato dos Pescadores, Federação Internacional de Trabalhadores em Transporte (ITF), Ministério da Pesca, dos vereadores Antonio Carlos Teixeira e Geonísio Aguiar (Santos). Também estiveram presentes, Dom Tarcísio Sacramussa,SDB, Bispo Diocesano de Santos; D. Jacyr Braido,Cs, Bispo Emérito e Promotor Nacional do Apostolado do Mar; Missionários de S. Carlos/Scalabrinianos (responsáveis pelo Apostolado do Mar em Santos), Pastor Adelar Schünke (German Seamen’s de Santos/Missão Luterana e Capelão do Porto de Santos) e Pastor Felix Albuquerque, da Igreja Batista.
Dom Tarcísio falou sobre a importância da obra do Apostolado do Mar na Diocese, que busca atender a um dos pólos de evangelização, embora ele ainda esteja conhecendo esta realidade e seus desafios, tendo em vista o seu pouco tempo de estada na Diocese. Destacou a presença de tantos segmentos diferentes, reforçando a necessidade e o desejo de que a Diocese possa participar de projetos comuns para o enfrentamento deste desafio.
Padre Rovíllio Guizzardi, sacerdote Scalabriniano (pároco da N. Sra. das Graças/Guarujá e ex-Diretor da Missão Stella Maris), falou sobre a história e objetivos do Apostolado do Mar e, de modo especial, sobre a criação da Missão Stella Maris, em Santos, nos idos dos anos 70, por Dom David Picão.
A Missão Stella Maris tem sua sede no Canal 3, junto à Capela Santa Edwiges, e é coordenada atualmente pelo padre Samuel Fonseca,CS, onde presta uma série de serviços (pastorais, psicológicos, sociais e de lazer, serviços de internet e comunicação com a família) para os marítimos que trabalham nos navios mercantes que chegam ao Porto de Santos.
Agentes leigos, voluntários e religiosos falaram sobre os diferentes serviços que a Missão Stella Maris/German Seamen’s oferecem, incluindo também a visita diária aos navios, a visita hospitalar aos marítimos, as missas e celebrações nos navios, ou o serviço de transporte e os trabalhos em parceria com entidades civis e religiosas.
A Assistente Social Marilene Leonel apresentou um panorama das dificuldades enfrentadas pelos marítimos que “ficam confinados por longos períodos nos navios, longe das famílias, das ativades rotineiras que fazem parte de seu modo de vida, como, por exemplo, a falta do lazer com os amigos, o andar pela cidade, a celebração religiosa (para os que praticam alguma religião), a falta da comida da terra natal. Esse quadro de isolamento tem sérias repercussões tanto na saúde física quanto mental e psicológica desses trabalhadores. Por isso, é tão importante a presença dos visitadores nos navios ou a saída deles, mesmo nos curtos períodos em que eles passam atracados no Porto”, alertou.
Os representantes de outras categorias de trabalhadores (pescadores, caminhoneiros, ferroviários) falaram da necessidade de tornar mais conhecidas as realidades desses profissionais, tanto na Região quanto em nível de Brasil, para que se possa fazer um trabalho articulado e efetivo junto ao Poder Público, pois isso envolve diferentes instâncias: local, estadual e federal.
Padre Samuel Fonseca falou sobre o grande desafio que é manter as obras do Apostolado do Mar, “quer por causa das dificuldades legais das empresas ou dos governos, quer por causa da necessidade de termos um agente muito qualificado para esta missão que leve em conta as diferentes culturas, religiões, modo de vida das pessoas com as quais trabalhamos”.
Mais informações sobre a Missão Stella Maris em Santos – (13) 3234-8910.
https://www.facebook.com/stellamaris.santosbrasil?ref=ts&fref=ts