João Joaquim Vicente Leite (Monsenhor)


Monsenhor João Joaquim Vicente Leite

Data de Nascimento: 22 de 01 1924
Ordenação: 08 de 12 1948
Data de Falecimento: 24 de 03 2013
Nasceu em: Miracatu SP
País: Brasil

Natural de Miracatu, na região do Vale do Ribeira, monsenhor João nasceu no dia 22 de janeiro de 1924, numa família de 9 filhos, sendo quatro deles padres e uma freira. Seu pai era escrivão. Estava sempre à frente das atividades religiosas, ensinou todos os filhos a rezar e sempre defendeu o sacerdócio, mantendo a casa aberta a todos os padres.
Já aos 6 anos, nas brincadeiras de criança, João Leite começou a despertar para a vocação: “Eu sempre dizia que queria ser padre. Fazia os paramentos com jornais velhos do meu pai e rezava a missa, imitando o padre. No lugar do vinho, bebia café com leite”.
Em 1936, o bispo Dom Paulo de Tarso Campos fez a primeira visita pastoral à diocese. João Leite era o principal coroinha de sua igreja e o padre Casseze o levou para ajudar na missa, em Pedro de Toledo. Lá, ele conheceu o padre Arnaldo Caiaffa, “que além de apresentar habilidades para fazer mágicas, se mostrava um sacerdote exemplar”. E foi observando-o que despertou em si a vontade de ser padre.
Aos 13 anos, foi para o seminário em Pirapora do Bom Jesus, no interior de São Paulo. Izidoro, seu irmão mais velho, já estava no seminário. Mas, com a doença do pai, pouco tempo depois teve de abandonar a vida religiosa para cuidar da família. “Meu pai queria tanto que todos os filhos fossem padres que não queria que minha mãe nos falasse  que ele estava passando mal”, lembra João.
Após concluir os estudos em Pirapora, ingressou no Seminário Central do Ipiranga, na Capital, onde cursou Filosofia e Teologia. Monsenhor João se ordenou padre antes dos 25 anos de idade. Desde então, mantém um currículo admirável dedicado à vida e formação religiosa e comunitária. “Eu fiz tudo aquilo que um simples padre pode fazer”, argumenta. Mas sua simplicidade não esconde suas ações.
No Seminário São José (na época em São Vicente), chegou a ser professor de dois de seus irmãos que também são padres: Francisco das Dores Leite e Pedro dos Prazeres Leite. Tem ainda outro irmão sacerdote, Monsenhor Joaquim Clementino Leite, mas não chegou a lecionar para ele. Padres Francisco e Joaquim atuam na Diocese e padre Pedro, em Itairi, na Diocese de Registro. A irmã religiosa chamava-se Isabel Maria Leite, da Congregação Missionárias de Jesus Crucificado.
Lecionou Matemática, Literatura e Gramática Portuguesa, História do Brasil e geral, Latim, Música e Canto Gregoriano. Foi Vigário Geral da Diocese por cerca de 25 anos, secretário do regional sul I da CNBB, Coordenador Diocesano de Pastoral, pároco da Catedral de Santos, das paróquias N. Sra. do Rosário de Pompéia, N. Sra. da Conceição e Senhor dos Passos, além de ser o diretor brasileiro do Movimento Mundo Melhor, preparando para o Concílio do Vaticano II.
Monsenhor foi reitor do Santuário Nossa Senhora do Monte Serrat e Presidente Executivo do Museu de Arte Sacra de Santos (MASS).

 _+_+_+_+_+_+_+_+_+_+_+_+_+_+_+_+_+_+_+_+_

 

 

        A Cúria Diocesana de Santos informa com muito pesar o falecimento de Mons. João Joaquim Vicente Leite, aos 89 anos de idade, neste domingo, 24 de março de 2013, às 11h30, na Casa São José, em Santos, onde residia atualmente.
O Velório foi celebrado na Catedral de Santos no domingo, 24/3 – Domingo de Ramos -, a partir das 19h15. A Missa de Exéquias foi celebrada na segunda-feira, dia 25/3, às 10:30 horas na Catedral de Santos, com a presença fiéis, amigos e parentes.
Unimo-nos aos familiares de Mons. João, de modo especial aos irmãos sacerdotes, Monsenhor Francisco Leite (Par. S. Judas Tadeu/Santos) e Mons. Joaquim Clementino Leite (pároco emérito S. Benedito/Santos) e aos demais familiares, neste momento de dor, mas, igualmente, de esperança de que o Bom Pastor o acolha em sua morada eterna
Pe. Elcio Antonio Ramos – Vigário Geral da Diocese de Santos

———————————————

NOSSO IRMÃO MAIOR, MONS. JOÃO JOAQUIM VICENTE LEITE,
FOI HOJE À CASA DO PAI.
UNIDO A TODO O PRESBITÉRIO, AOS IRMÃOS SACERDOTES MONS. FRANCISCO LEITE,
MONS. JOAQUIM CLEMENTINO LEITE E PE. PEDRO DAS DORES LEITE (DIOC. DE REGISTRO),
A SEUS FAMILIARES E À IR. ISABEL MARIA LEITE,
DA CONGREGAÇÃO MISSIONÁRIAS DE JESUS CRUCIFICADO,
À DIOCESE DE SANTOS E À DIOCESE DE REGISTRO,
EXPRESSO, SIM, O PESAR PELO FALECIMENTO DO MONS. JOÃO.
MAS – TENDO PRESENTE SEU HISTÓRICO E SEU TESTEMUNHO SACERDOTAL –
MEDITEMOS O SALMO 22:
“O SENHOR É O PASTOR QUE ME CONDUZ;
NÃO ME FALTA COISA ALGUMA.
PELOS PRADOS E CAMPINAS VERDEJANTES,
ELE ME LEVA A DESCANSAR.
PREPARAIS À MINHA FRENTE UMA MESA.
E NA CASA DO SENHOR HABITAREI PELOS TEMPOS INFINITOS”.
MONS. JOÃO, O SENHOR O LEVOU A DESCANSAR!
UNIDO EM PRECE E SAUDADE,
DOM JACYR FRANCISCO BRAIDO, CS, BISPO DE SANTOS

 

24/3 – NOTA DE FALECIMENTO –
MONSENHOR JOÃO JOAQUIM VICENTE LEITE.