Projetos sociais da Santa Margarida Maria atendem comunidades

05_P1010396

Durante o Grito dos Excluídos (no dia 7/9) os presentes prestigiaram a bonita apresentação do Grupo de Balé “Asas da Luz”. Este grupo faz parte dos projetos sociais mantidos pela Paróquia S. Margarida Maria, de Santos. No total, 11 projetos procuram atender a população carente presente no território paroquial que abrange os bairros Areia Branca, Caneleira, Morro do Tetéu, Santa Maria, Bom Retiro, Vila São José e Saboó. Os agentes, professores e profissionais que participam dos projetos são todos voluntários.
Para gerenciar melhor esses trabalhos, foi implantado na Paróquia a Comissão para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz, que tem como objetivo unificar e ampliar os serviços sociais. “Esses projetos são voltados para toda a comunidade e não somente para aqueles que frequentam a Igreja. Mesmo assim, acaba acontecendo uma aproximação natural dos moradores com a Igreja. Várias pessoas se engajam nos projetos sociais, mas outras também se engajam na pastoral. Temos crianças que começam fazendo balé e depois se tornam coroinhas. Os pais dessas crianças também acabam voltando pra Igreja e participando das pastorais”, conta Kleber Pereira dos Passos, do Conselho Pastoral Paroquial.
Cursos
A Comissão Paroquial de Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz abrange os seguintes cursos e pastorais:
Pastoral S.O.S Criança – Atende 110 crianças com ações preventivas de saúde, nutrição, educação e cidadania.
Pastoral Social – Promove a assistência de 74 famílias em situação de pobreza, distribuindo cestas básicas mensais e kits de alimentação emergencial.
Pastoral da Cidadania que capacita líderes cristãos para atuarem na sociedade, participando de Conselhos municipais, estaduais e federais.
Pastoral da Sobriedade para recuperação de dependentes químicos; Alcoólicos Anônimos (AA).
Cursos livres de pintura e violão; geração de renda com a produção de salgados; aulas de Judô e aulas de Balé que, atualmente, conta com a participação de mais 160 crianças.
A Comissão também promove o Roupeiro para angariar fundos para a confecção de enxovais de bebê e manutenção da Associação Nossa Senhora de Guadalupe.
Casa de Recuperação
A partir do desejo dos fiéis da Santa Margarida Maria de ir ao encontro daqueles que sofrem com o vício em drogas, em 1 de março de 2005 nasceu a Associação Beneficente Nossa Senhora de Guadalupe. Esta Associação administra duas casas para a recuperação de dependentes químicos: A casa N. Sra. de Guadalupe (em Itanhaém) e a casa Irmã Dulce dos Pobres, que iniciou os trabalhos em junho deste ano, em Peruíbe.
Cada Casa tem capacidade para 30 internos e o tempo de internação varia de 9 a 18 meses. O acompanhamento é feito por profissionais voluntários da Santa Margarida Maria, que formam uma equipe técnica com dois assistentes sociais, quatro psicólogos e seis monitores. Além deles, outros grupos de voluntários desenvolvem atividades extras como oficinas, momentos de espiritualidade, sessão de filmes, entre outros.
Na Igreja funciona a Casa de Passagem, onde os rapazes passam por uma triagem antes de serem encaminhados às Casas. Da mesma forma, quando termina o tempo de internação e eles começam a ser reinseridos na sociedade, passam mais uma vez por lá: “Neste momento eles voltam a ter contato com a sociedade, começando com o pessoal da Igreja. Nós convidamos para que façam parte das pastorais e dos projetos sociais e eles se engajam ‘pra valer’ ”, explica o presidente da Associação, Jorge Fernandes Gomes. Atualmente, 47 pessoas estão em processo de recuperação nas casas da Associação.
Ajuda e participação
A Paróquia Santa Margarida Maria conta com ajuda voluntária e doações para a manutenção dos projetos sociais. A participação nos cursos é gratuita. As inscrições para os cursos de Balé e Judô serão abertas no início de 2016. Quem deseja colaborar como voluntários ou com doações, ou participar dos projetos, pode entrar em contato com a secretaria paroquial.
Tel.: 3203-2940.
A Igreja Santa Margarida Maria fica na Praça Júlio Dantas, 45, Santa Maria, em Santos.