CARTA PASTORAL PARA O ANO DO LAICATO